são paulo, cidade invisível

Bia Ferrer

02h13

São Paulo, 2h13. Fotos e texto © Bia Ferrer

 

As cidades, como os sonhos, são construídas por desejos e medos, ainda que o fio condutor de seu discurso seja secreto, que as suas regras sejam absurdas, as suas perspectivas enganosas, e que todas as coisas escondam uma outra coisa. — Italo Calvino, Cidades invisíveis

2h13. É madrugada, mas São Paulo nunca adormece por completo. A foto revela um lugar vivo e ao mesmo tempo dormente. Assim como Gotham City, a cidade fictícia criada para as histórias em quadrinhos da DC Comics, qualquer pessoa em qualquer cidade se identifica com ela.

As imagens revelam o descuido, a sujeira, a falta de planejamento de lugares com intenso movimento de pessoas durante o dia, raramente vistos vazios. Como acontece na sombria cidade vigiada por Batman, aqui vemos uma São Paulo através do olhar e da experiência individualizada de quem fotografa.

Uma abordagem distanciada, capaz de capturar a solidão e a frieza de um grande centro urbano do mundo, espetáculo criado pelo homem, sem a sua presença. Os planos bucólicos, que transmitem o sentimento de um vazio “observado”, conferem a poesia e beleza inerentes às paisagens urbanas.

A cidade é São Paulo, mas poderia ser qualquer outra grande metrópole, a nós não é possível distingui-la. Sabemos apenas que é noite. É noite em Gotham…

 

22h59

22h59

23h26

23h26

23h30

23h30

00h05h

0h05

01h36

1h36

02h23

2h23

03h02

3h02

03h26

3h26

03h49

3h49

04h40

4h40

04h45

4h45

05h00

5h00

Texto e fotos: © Bia Ferrer. Todos os direitos reservados. O texto e as fotos estão sendo publicados por Dharma/Arte em acordo com a autora, e não podem ser arquivados ou distribuídos por nenhum meio sem permissão escrita.

 

São Paulo, cidade invisível | 2013 | d/a magazine | Comentário/Comments (1)
  • http://www.facebook.com/joao.macul João Macul

    Lindas as fotos. Parabéns Bia.

Login